Close

A Vivência da Experiência

Você já deve ter sentido algo parecido: ao efetuar uma nova leitura de um determinado texto lido anteriormente, eis que num “passe de mágica” ocorre uma descoberta que te deixa maravilhado, surpreso, encantado com aquela sensação de perceber algo novo. “Como eu não tinha visto isso antes”? “Nem parece o mesmo texto”? “Que delícia – vou ler mais uma vez”! E caberiam aqui outras tantas formas de comentar sobre isso…

Será que o texto que mudou ou você que está diferente? Seus Canais de Percepção estão mais abertos? Como isso é possível? Afinal, o que nos leva a ler novamente um texto depois de algum tempo: rever aquilo que havia entendido ou procurar entender o que faltava compreender? Ou será que foi o texto que me procurou dessa vez?

Do escrito Pílulas Noiéticas II – que faz parte das referências citadas em meu Livro SCRIPT UMA OBRA INACABADA (Chiado Books, 2021) – recebi um desses presentes da Realidade: “A experiência é o contrário da criatividade”. Uau!

Consegui, então, perceber que a vida parece mesmo se confundir com a própria criação, saltando da Forma para o Ser, cuja argamassa que une Sujeitos e Objetos na mesma relação de Amor é a própria Realidade. Por mais que o Real exista fora da sua percepção, segue agindo sobre você!

Aquilo que por vezes chamamos de Despreparo é uma Dádiva, que nos abre ao conhecer e ao re-conhecer! Na dinâmica da vida – assimétrica e por vezes, caótica – existem as possibilidades de Maravilhamentos, capazes de desvelar algo que sempre esteve na Ontologia das Formas. O Ser das Formas emerge então através da Estética – esse poderoso gatilho que aciona o nosso conhecimento!

Sendo a Experiência o contrário da criatividade, sou levado a afirmar que, todas as vezes em que nos encontramos num ‘apagão criativo’, é porque estamos em meio a névoa do automatismo dos nossos hábitos arraigados, fazendo mais do mesmo. Nesse estado, prejudicamos a recepção da Experiência.

Fica o convite para pensarmos que, na prática, não podemos produzir a Experiência. Podemos sim fluir na vivência da vida, de modo que a experiência surja como algo surpreendente e, portanto, perceptível.

O mundo a nossa volta é belo, complexo e diverso. Não conseguimos acessá-lo com mais nitidez através da quietude. É necessária uma inquietude ativa e intencional.

Nessa direção, se a vivência é a tinta e a experiência é a pintura, estou falando justamente do pintor e da Obra inacabada que somos, repletos de possibilidades.

Tal pintura somente ocorre quando o pintor (cada um de nós) molha seu pincel na vivência da vida (tinta) e o movimenta na tela da sua existência. Existir é saltar da Forma para o Ser. É um pintar-se, saindo do próprio quadro da autopreservação, conquistando níveis mais elevados de autonomia.

 “A inquietação e os questionamentos que esse tema pode produzir são combustíveis maravilhosos para mentes mais livres e mais empáticas, de modo que a compaixão que brota de egos menos inflados possa contribuir com a transformação da sociedade em prol de um mundo mais fraterno, com cidadãos mais altruístas”. (trecho do SCRIPT UMA OBRA INACABADA, Rony Tschoeke 2021)

Um abraço afetuoso e receba bem as Experiências!

@rony_tschoeke

8 Responses to A Vivência da Experiência

  1. Elizabete Pestana

    Fui repetente na 4° classe .Na óptica da professora ainda não estava preparada para avançar de ano. Segui até ao 12° ano sendo uma das melhotes alunas da turma. O meu despreparo me impulsionou para a assimilação de todas as matérias necessárias.

  2. Jorge Olímpio Bento

    O texto revela bem os passos que o autor está dando, de modo consistente, no sentido da sua formação e realização como pensador existencialista.

    • Rony

      Agradeço sua generosa atenção de sempre Mestre, nessas interações potentes e incentivadoras! Certamente tudo isso estimula o caminhar…

  3. Rony
    Mais uma vez preciso e inspirado. Muito equilíbrio e sabedoria. Importante reconhecer o curso da vida.

  4. Paulo Maia

    Continuo admirando teus registros e criatividades! Bons caminhos e ensinamentos! Abcs fraternais e sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *